terça-feira, 21 de abril de 2009

A palavra certa

Rimar a palavra amor com dor,
Flor ou qualquer cor
Todo poeta sabe fazer.
Aproximar o tempo do vento
É parte do nosso ofício.
Difícil é rimar pessoas com sentimentos
Como este que agora trago
E que nem sei como explicar.
Um olhar,
Uma palavra
Que pra não perder o encanto
Eu não quero pronunciar.
E agora cá estou
Buscando desesperadamente
Uma palavra diferente
Para rimar com o que estou sentindo.
Estou certo desse momento
Não quero que isso anoiteça
E por incrível que pareça
Sem conseguir palavra que rima
O que sinto por você
É forte... é intenso... é puro... é amor!

16 comentários:

  1. Ai que lindo!!!
    Que romantico, sabe a serrenata a luz da lua, sabe a coração cheio, sabe a esperança e amor...

    ResponderExcluir
  2. Lindos os seus textos e com certeza voltarei aqui mais vezes e com mais tempo!Boa semana!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Estava com saudades de passear pelo Abismo e ler teus textos e poemas. Agradeço muito tua presença e comentário no Interlúdio durante a minha ausência!

    Beijos e obrigada por tua amizade!

    ResponderExcluir
  4. Ola Abismo!
    Quando se sente o amor...
    Aquela chama que arde constante no peito
    Quando se ama de verdade,de todas as formas e maneiras,
    de qualquer jeito,em qualquer lugar
    Não existe pudores,fronteiras ou barreiras
    O amor é sempre muito mais forte
    Amor é dos sentimentos mais nobres
    Uma dimensão sem medida,
    uma viagem sem destino,uma melodia de vida
    Mas amar por vezes é dor que se sente
    é silêncio que se ouve
    É sopro de nostalgia,lágrima de saudade
    Sussurro de agonia
    Mas,quando o amor é a dois
    É alma, é alimento
    é poesia, é canção suave
    É bem mais que sentimento....
    É tudo da vida um pouco.
    É hoje feito na tua poesia
    Beijinhos mil
    Whispers

    ResponderExcluir
  5. Olá Alcides
    Minha palavra mágica...que encantamento esse seu amor.
    Quando amamos assim com tanta intensidade,até se torna dificil encontrar palavras para o decifrar...e como diz a "sua" canção...
    "...vêm matar essa paixão que me devora o coração..."

    Bjs ,acompanhados de um lindo luar para esse seu amar...

    ResponderExcluir
  6. Luana,

    Um amor verdadeiro não precisa de rimas, mas música é fundamental.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  7. Lu,

    Obrigado pelas suas palavras.
    Volte sempre!

    Alcides

    ResponderExcluir
  8. Glaucia,

    Concordo com você,são lindos mesmo.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  9. Gata Christie,

    A música Carinhoso foi escrita ente 1916 e 1917, pelo Pixinguinha e a letra em 1937, pelo Braguinha.
    É uma prova de que o amor não tem tempo.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  10. Flor,

    O Abismo Noturno está mais perfumado. Que bom que voltou!

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  11. Whispers,

    Concordo com toda essa definição do amor feita por você.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  12. Moonlight,

    Uma das funções do amor é essa: encantar-nos.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  13. As vezes me sinto assim. Não quero rimar palavras, quero rimar sentimentos. Seu poema retrata bem o que um poeta passa...rs... inseguranças, incerrtezas... Beijocas e obrigada por tudo, viu?

    ResponderExcluir
  14. De nada Jeyva, você merece muito!

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...