quarta-feira, 13 de maio de 2009

Tristeza lunar

Foto: Alcides

Triste noite foi aquela,
Me enfeitei toda pra você!
Tenho certeza que eu era a mais bela.
Cheia de brilho te visitei .
Quis minguar de vez tua solidão
Ser amor crescente em teu quarto
Fazer nova a tua emoção.
Naquela noite eu queria ser tua
A mulher-menina dos teus olhos
Tua noite e alvorada,
Tua eterna namorada.
Todos os poetas me queriam,
Mas eu quis me mostrar só pra você.
Sem vergonha de ficar nua
Eu queria ser só tua.
Teu encontro e alegria
Teu acaso e tua sina.
Mas naquela noite triste
Você preferiu a bailarina
Que como criança dançava e sorria
Sem saber que você existia.

Making of: Numa noite de águas de março resolvi tirar foto da chuva. Fiquei surpreso ao ver que a imagem dos pingos parecia o universo. No mês seguinte tirei a foto da bailarina dançando (I can't get no) Satisfaction. Quando vi sua pose, pensei logo em montá-la com a foto da chuva. No dia seguinte fui presenteado com um belo luar. A imagem, portanto, é obra da Natureza, cabendo a mim a incumbência de juntar a beleza da mulher, do universo e da noite enluarada e fazer alguns ajustes técnicos.

A bailarina da foto chama-se Flora Castro. Uma jovem professora de balé, estudou no Teatro Municipal de São Paulo e é atuante na cultura e cidadania em Guarulhos. Agradeço a Flora pela gentileza de ceder sua imagem a este blog e ao
http://www.pensamentocris.blogspot.com/.

Música de Oswaldo Montenegro.

21 comentários:

  1. Alcides,
    Minha Palavra Magica...te aviso desde ja que isto hoje vai ser longo...depois nao diga que nao avisei!
    Em primeiro fico quase sem palavras para comentar tuas fantasticas palavras neste poema que invade a alma, o coracao,que nao me passa indeferente de maneira nenhuma por muitas questoes.Ha palavras que por vezes vem ao encontro do mais profundo em nos...
    Conseguiste juntar neste teu poema as dois coisas que mais me encantam e fazem sonhar acordada tantas vezes,a Lua e uma Bailarina sonho meu um dia de menina.
    Alguma vez te disse que tens um dom magico de encatar as pessoas com tuas excelentes palavras,hoje sinceramente me tocou e de todas as Palavras M]agicas que j]a li de ti ,estas hoje foram as mais lindas e fantasticas.
    Depois existe a magia da montagem que fizes/te um resultado deveras magnifico.
    Em segundo...aproveito aqui para te dizer que fiquei um sensibilizada com tuas palavras de elogio a mim em nossa parceria...mas a todos aqueles que te leem eu quero aqui dizer que o teu Abismo Nocturno com tuas Palavras Magicas tem o dom da escrita,do sentimento,da Magia de tu escreveres tao bem e lindo.
    Teu blog e um encantamento para mim
    E fico por aqui porque senao vou ocupar iato tudo hoje looooooooooool

    Um bjinho cheio de luar

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. O que dizer diante de tão belas palavras... simplesmente magnifico!! Faço das palavras de Moolinght minhas palavras.

    Excelente dia!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Alcides,

    Adolfo,

    Belissima postagem!

    Tem um presentinho para ti no Blog:
    http://poesianotempo.blogspot.com

    Abraços carinhosos,

    Reggina Moon

    ResponderExcluir
  5. Será que eu já li esse texto???
    E ao le-lo novamente, outra visão...
    Pq será que todo mundo ama a lua?
    Frasezinha generalista... mas é magnifica, não é mesmo.
    É a inspiração dos poetas, o astro dos amantes....
    Perfeita!!!!
    =)

    ResponderExcluir
  6. MAGNÍFICO!!!
    No more comment!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Alcides,

    Simplesmente maravilhoso!! Que sensibilidade!! Por isso que não me canso, de se jogar nesse seu abismo...de corpo e alma...

    Parabéns amigo!!

    ps:Obrigada pelo presente!Saboriei cada pedaço...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Ficou muito bonito, esta combinação ficou magnífica.
    A lua e a bailarina são palavras mágicas, a leveza de uma bailarina comparada com a grandeza da lua.
    Brilhante

    Beijos Foxy

    ResponderExcluir
  10. Alcides,

    Gosto demais dos teus poemas, mas este é especial! Adorei a forma como usastes as fases da lua em forma de sentimentos! Parabéns, meu amigo. Quanto a foto, trata-se de mais um poema seu... um poema visual!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Moonlight,

    Não vou escrever muito, porque não sei fazê-lo. Além disso, fico sem palavras para agradecer todo esse carinho.

    Quanto aos elogios que fiz à sua pessoa, gosto de ler quem tem algo a dizer e você é uma das pessoas que tem muito.

    Obrigado!
    Alcides

    ResponderExcluir
  12. Lany,

    Agradeço imensamente as tuas palavras.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  13. Obrigado Reggina! Já vou buscar o presente.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  14. Tatha,

    O texto você não havia lido antes. Foi escrito na segunda-feira, quando eu (num momento de safadeza) estava coma a minha mulher e fiquei paquerando a lua. Me lembrei da imagem que havia postado no Pensamento Cris junto com a letra de Bandolins e decidi reeditá-la.

    No poema a lua foi rejeitada, trocada pela mulher, mas para os poetas ela é o amor platônico elevado ao seu último grau, o infinito.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  15. Quero ouvir mais o Som do Silêncio no Abismo Noturno.

    Obrigado pela visita e volte quando quiser.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  16. Glaucia,

    O Abismo Noturno fica bem, vestido de azul, que aliás, é minha cor favorita.

    Obrigado pela visita!

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  17. Foxy,

    Com a ajuda de Deus tudo fica mais fácil. Foi ele quem fez tudo aquilo. Eu só registrei em forma de palavras e fotografias.

    Bijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  18. Flor,

    Eu achei a foto linda, mas ainda bem que a Mulher está aqui na Terra, não no céu como a lua e as estrelas, pois assim seria intocável e aqui só ficariam os poetas, que são sonhadores, as crianças, inocentes e os homens, que promovem a guerra.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  19. Querido Alcides!

    Imagem esta maravilhosa
    Mas teu poema e tão cheio de sentimento
    Misturado com uma tristeza,da dor de quem pensou ser o encanto e acabou por perder o brilho por uma bailarina

    beijinhos
    Rachel

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...