sábado, 18 de julho de 2009

Ainda és parte de mim

Se fechar os olhos agora
Por um segundo te verei.
Sinto ainda o teu perfume
E se eu tocar o meu corpo
Com certeza te tocarei,
Porque ainda estás aqui.
És parte do que não acabou
És parte da minha canção,
Do meu verso e da minha vida.
És talvez uma ovelha perdida
Que eu ainda encontrarei.
A noite é escura, a hora é tarde
Mas eu não descansarei.
Tu ainda és parte de tudo
O que eu não desisti
És parte do inicio da história
Que eu não quero que tenha fim
Eu ainda te procuro
Porque ainda és parte de mim.

14 comentários:

  1. Olá querido Alcides!
    Outro maravilhoso poema teu, cada dia fico mais encantada com tuas doces e maravilhosos palavras
    São sentimentos lindos,verdadeiros ou não,pouco importa
    São flores que plantas no jardim da imaginação
    Que fazem sonhar,que fazem-me (falando só por mim)voltar aqui e me embriagar
    na tua poesia,Parabéns,meu amigo
    Valeu a noite de insônia
    E te vir ler

    Em teu corpo navegam as ondas do seu prazer
    Tens guardado em ti o seu olhar
    Miragens de rios revoltos
    onde a paixão e o amor se misturam
    Luz que te aqueceu em noites frias
    Guardas-te momentos de loucura
    Momentos, uns vividos e outros ainda por viver
    Tens guardado seu nome
    Em cada pedaço do teu corpo esta um bocado dela
    Ainda vive em teu respirar
    ovelha perdida que levou o teu ser
    Andando perdida…
    …sem rota, nem bússola.
    Mas ainda guardas aquilo que foram
    Bocados de um historia de amor
    Tão mal contada ....
    ....ainda por acabar.

    Beijos mil em teu coracao
    Rahel

    ResponderExcluir
  2. venho aqui pela primeira vez e agradou-me muito o teu blog.

    (www.minha-gaveta.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  3. Hoje passando sem testamento hiiih.
    Só pra te desejar um feliz Domingo.
    E te dizer que adoro as letras das musicas que me comentas.
    São sempre bem a dizer,obrigado meu amigo.
    Beijinhos mil
    Rachel

    ResponderExcluir
  4. Olá,querido amigo-Poeta! Muito delicioso de ler o que vc escreveu!Puro encantamento em forma de palavras!Amei!Beijo leve,abraço solto no ar,reverberando centelhas coloridas!

    ResponderExcluir
  5. Lindo poema este. E também o "Esta noite serei seu vampiro".
    Pena que o vídeo não seja visível no meu país.
    Parabéns por poemas tão cheios de sentimento e inspiração.

    ResponderExcluir
  6. Rachel,

    Obrigado pelas suas palavras de puro encanto!

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  7. Nuno,

    Visitei a "sua" gaveta e gostei muito do que vi.

    Seja bem vindo ao Abismo Noturno. Sinta-se a vontade e volte quando quiser.

    Um abraço!
    Alcides

    ResponderExcluir
  8. Amiga Rachel,

    Mais uma vez, obrigado por seu encanto de palavras.

    Um beijo!
    Alcides

    ResponderExcluir
  9. Cezarina,

    É um prazer receber sua Alma Cigana em meu Abismo Noturno.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  10. Obrigado Benjamina!

    Quanto ao vídeo, pode ser um problema momentâneo na página de acesso. Hoje mesmo só consegui abrir meu e-mail agora.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  11. Sempre tão bom sonhar com seus poemas!
    Sua sensibilidade encanta a quem aqui passa e seus leiotres amigos!
    Boa inspiração na semana que se inicia!
    Beijos
    Helô

    ResponderExcluir
  12. Helô,

    A presença dos amigos leitores é que me encanta.

    Obrigado pela visita!

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  13. Vc lê e ouve a música...nooooosssaaa!!!
    Amooo! Beijocas!

    ResponderExcluir
  14. Jeyva,

    Linda essa música.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...