sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Lua tropical

No meu país lua rima com nua
E é assim que te quero hoje
Minguando tudo o que for ruim
Toda cheia de amor por mim.
Hoje eu vou ser mais ousado
E quero ser teu namorado.
Quero ouvir sonata ao luar
Ou quem sabe Debussy.
Na janela te ver debruçar
Enquanto no amigo violão
Te invento uma nova canção.
Hoje eu, como um réu confesso,
Te olho nos olhos e peço
Que me deixe entrar pela tua janela
E fazer de teu quarto minha cela.
Enquanto a outra lá fora
É lua dos poetas errantes
Que rimam o amor com dor
Eu aqui sem saber poesia
Te proponho que sejamos amantes

Noite afora esperando o dia
Rimaremos amor com calor
Na mistura perfeita de língua e sal
Te quero nua, lua tropical.



PS. A postagem do poema acima foi feita sem que eu antes visitasse qualquer blog. Encontrei uma lua cheia, navegando depois. O poema foi escrito em fins de julho, portanto, qualquer semelhança, mais uma vez terá sido mera coincidência.

15 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Querido Alcides meu poeta de palavras mágicas,

    Como eu disse no comentário anterior, está Lua de quem você quer se enamorar já é toda sua, mesmo que seja só um personagem!Não vês?Que ela continue a lhe inspirar a fazer poemas tão lindos como esse merecedor de uma verdadeira lua, tão quão precisando se enamorar como você!!

    Um milhão de beijinhos azuis!!

    ResponderExcluir
  3. Glaucia!

    Que bom vê-la por aqui.
    Escrevo poemas desde os onze anos e como tenho quarenta, com corpinho de trina e nove rsrs, nem preciso te dizer que um poeta que se preza tem que namorar a lua.

    Eu também te mando beijos azuis!
    Alcides

    ResponderExcluir
  4. Querido Alcides
    Deixamos a lua na rua
    Nos mirando na vidraça
    Cá dentro seremos amantes
    Traga seu violão
    Toque uma musica pra mim
    Enquanto danço,atirando as roupas no chão
    Vem preencher meu colo
    Vem morrer em meus braços
    Vem poetar palavra mágicas ao ouvido
    Vem fazer poema no meu corpo
    Escrito com as pontas dos teus dedos

    Noite linda para fazermos uma festa
    Entre gemidos e sussurros
    Saboreando o gosto da tua pele

    Sente meu toque, sente minhas mãos
    Prova do mel dos meus lábios
    vive meu gozo junto com teu gozo
    E que meu corpo no teu corpo acabe.
    Esta noite seremos amantes
    De palavras mágicas
    Querido alcides, momento de prazer em palavras de prazer
    Adorei....este gozo de palavras
    Mil beijos
    Wicca mais linda da terra ;)
    Rachel

    ResponderExcluir
  5. Rachel,

    Eu fiz uma declaração
    Tendo a lua como inspiração
    Mas depois de tudo isso
    Este momento de feitiço...
    Depois de usar as suas táticas
    Recriando palavras mágicas...
    Depois dessas palavras tuas
    O que é que eu vou dizer pra lua?

    Pra você eu sei o que digo:

    Obrigado pelo convite!

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  6. "Noite afora esperando o dia
    Rimaremos amor com calor"

    Não há rima mais certa.

    Melodioso, este poema!


    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. É verdade, Lídia, não há rima mais certa.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  8. Amigo Alcides,
    Você me disse a respeito de deixar a lua escolher entre o poeta e o lobo.
    Mas me parece que o poeta também está indeciso, entre a lua e a wicca...
    Sendo assim, que se faça uma grande festa, com, poeta, lua, wicca, loba, lobo, para dançarmos e cantarmos, pois a Felicidade ali pode passar e ouvir, e se ela for de dança, há de querer dançar...

    ResponderExcluir
  9. Pensador,

    Grande idéia nesta sexta-feira!

    Façamos a grande festa , vamos cantar e dançar e só vamos parar quando o galo cantar.

    Mas aviso de antemão: Amarrei o bico do galo rsrs.

    Um abraço!
    Alcides

    ResponderExcluir
  10. Alcides

    Que bom ler suas palavras mágicas! Mais um lindo momento do Abismo, que enternece e faz sonhar!
    Parabéns pela sua sempre inspiração e o bom gosto pela músicas publicadas.
    Tenha um lindo fim de semana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Helò,

    Que bom receber a visita da Eterna Apaixonada aqui no Abismo Noturno!

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  12. Alcides,meu amigo
    Minha Palavra Mágica,

    A Lua chegou trazendo seu luar
    Para nessa festa participar
    Entra danças e cantares
    Quero me puder deliciar
    Sem mais nada pensar
    Só com voces eu me entusiasmar.
    E se na indesição eu não ganhar...
    Não haverá desilusão
    Pois todos juntos encontraremos
    Novas noites para continuação...

    Ahhhhhhh meu amigo se voce soubesse o que eu já me ri hoje com seu post e seus comentários...da wicca e do pensador...
    Acho que só faltava o meu mesmo...Seria uma festa e tanto!!!:)))Brincando!

    Maravilhoso como sempre, meu amigo.
    E realmente existem coincidências...engraçadas!


    Bjinho cheio de luar

    ResponderExcluir
  13. Amigo Alcides,

    Muito obrigado pelo apoio no Sofia... Passei para deixar a minha manifestação de afeto e carinho a vc e ao seu espaço de palavras mágicas... Adorei sua lua nua... E que venham tantas outras novas canções... Parabéns!

    Luz e paz!

    Com carinho,
    Whesley

    ResponderExcluir
  14. Moonlight,

    Eis-me aqui, quase quatro da manhã.

    E vamos a bailar!
    Obrigado por deixar
    Aqui no Abismo Noturno
    O brilho do teu luar.

    Um grande beijo!
    Alcides

    ResponderExcluir
  15. Whesley,

    Certamente virão. Obrigado pela visita!

    Um abraço!
    Alcides

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...