sábado, 5 de setembro de 2009

Não era a nossa canção

Não era a nossa canção
Nunca foi a nossa trilha
Nem na sua solidão
Nem quando eu me tornei uma ilha
Só para abrigar o ser barco.
Não era a nossa canção
Mesmo quando num luau
Eu a tocava ao violão.
Não!
Definitivamente não era nossa
Eu era Rock, você Bossa
E tudo o mais era distração.
Não era a nossa canção
Mas hoje eu não sei por quê
Ao ouvi-la tocar no rádio
Sem querer, me lembrei de você.

14 comentários:

  1. Não quero ser repetitiva... Mas não tem jeito... Este abismo é mesmo para arrepiar de emoção!
    Adoro essa música, que me remete a momentos lindos...
    O poema tem de ser lido, relido e sonhado...
    Dá vontade de contradizer e... dizer, sim! era a nossa canção...
    Volto a dormir, acordei com a chuva batendo na janela...
    Volto a sonhar...
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Querido Garoto!
    Não era a nossa canção
    Nem a melodia que gostávamos
    Nem era verso de amor
    Nada tinha haver com o passado
    Simplesmente ao escutar aquela velha canção na radio a tocar
    Em cada nota de musica,cada acorde me fez voltar
    Em harmonia de te amar, outro tempo,outro lugar
    Entre as paredes do coração,esquecido onde deve ficar
    Outra vez voltei a recordar aquilo que não soube esquecer
    Não era a nossa canção.....só que me fez viver
    Momentos que o tempo tenta esquecer

    Querido Alcides, não era a nossa canção, só que podemos fazer dela a nossa primeira canção (lol)
    Quando eu for grande, hoje sou muito pequenina, eu quero ser poeta como o meu amigo Alcaides.
    Quero escrever com a tinta do pensamento em papel do coração.
    Bom fim de semana para ti Garoto, que tenhas tudo que um menino lindo merece.
    Muito amor,muita paixão, muito sexo, muita saúde,muito dinheiro, e muita imaginação
    Mil beijos,Grandes,pequeninos, gostosos e quentes
    Rachel

    ResponderExcluir
  3. Música sempre mexe com a nossa emoção... e não importa o rítmo: sempre se pode dançar com o outro!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Há canções que mesmo não sendo "nossas", são inesquecíveis.

    ResponderExcluir
  5. Helô,

    Se dá vontade de contradizer, então contradiga. A música realmente não foi a trilha de tantas noites bonitas do personagem do poema, mas se foi sua, sinta-se a vontade para mudar todas as palavras e reinventar o texto, porque a música realmente é linda,

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  6. Escrevo palavras e choro poemas,

    Obrigado pela visita. Volte quando quiser.

    Um beijo!
    Alcides

    ResponderExcluir
  7. Rachel,

    Deixa de modéstia e de "mania de inferioridade" (rs). Você é uma grande escritora, admiro sua capacidade em ler um texto e produzir "comentários-testamentos" fantásticos. Além de seres uma grande poetisa és também uma grande mulher.

    O que você me ofereceu neste final de semana eu tomo a liberdade de desejar para mim em dobro, porque aqui é um feriado prolongado. Para você então eu desejo dez vezes mais!

    Um beijo, pequena grande mulher!
    Alcides

    ResponderExcluir
  8. Flor,

    Concordo com tudo o que você disse.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  9. Benjamina,

    Para mim, a música postada é um exemplo disso.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  10. Querido Alcides!
    Aqui faz um calor infernal.
    Infelizmente tambem e fim de semana prolongado.
    Quanto a Grande Mulher, hum, eu realmente sou pequenina ihihhi.

    Es muito querido, e eu gosto de sentir a tua amizade, como brisa suave em madrugada.
    Desejo-te uma semana de mil maravilhas, como wicca sei que o menino lindo vai ter.
    Agora, fecha os olhos, isso, um pouco mais, nao te sorrias, hey nada disso,nao vale abrir.
    Acabaste de levar mil beijos da Wicca.
    Rachel

    ResponderExcluir
  11. Rachel,

    Agora sei porque disseram:

    "Eu não creio em bruxas, mas que elas existem, existem".

    Senti os beijos e retribuo-os.
    Alcides

    ResponderExcluir
  12. Talvez não fosse
    Naquele momento a canção
    Que cada um quisesse ouvir
    Mas existe um som
    Mais forte que todos
    Ainda que silencioso
    Que toca profundamente
    Irremediavelmente
    Pois vem do fundo da alma
    É a canção de um casal
    Cantada pelo coração.

    ResponderExcluir
  13. Pensador,

    E essa canção é tão sutil que é preciso o silêncio das almas para que a possamos ouvir.

    Um abraço!
    Alcides

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...