sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Anjo de Luz

Não vejo o teu rosto….mas sinto que estás aqui,


Passo a mão na silhueta desenhada pela sombra do luar…
Vislumbro o cruzar do olhar… Como é importante o olhar…
Há um anjo que me embala e me abraça nos dias gelados de luz…
Existe em mim tanta descrença e tamanha confiança…



E nesse dual sentimento
Que parece incoerência
Eu me sinto uma criança
Inocente e alerta
A este sinal que me desperta
A querer chegar mais perto
Dessa luz que ensaia se mostrar.



Abro os olhos um pouco mais
Tentando definir o que vejo,
Porém é um desejo vão
Pois findando a madrugada,
Finda-se minha quase visão.
Mas eu sei que isso não é sonho
Durante o dia me recomponho
E com ansiedade espero a noite
Para outra vez na sombra da lua
Tentar encostar minha mão na tua...
Ver teu rosto que ainda não vi.
Anjo de luz que me embala
E eu sinto e sei que está aqui.



* Esta é mais uma fusão de sentimentos. Das mãos inspiradas da minha amiga portuguesa Moonlight  http://moonlight-wwwmoonlight.blogspot.com/   fez-se este lindo poema com a minha modesta participação. Obrigado Moonlight, por mais este momento único de compartilhar com você estas doces palavras!


6 comentários:

  1. Meu querido amigo Alcides
    Minha Palavra Mágica,

    Obrigada!
    Pela honra que me das em tornar singelas palavras em tamanha beleza.
    Sabes que é sempre com amizade e contentamento que o faço.
    Modéstia á parte....ficou lindo,não ficou?
    Faremos muitas mais!

    Bjinho cheio de luar

    ResponderExcluir
  2. Amiga Moonlight,

    Modéstia à parte, ficou lindo sim e faremos muitas mais!

    Eu é que te agradeço por tudo!

    Grande beijo!
    Alcides

    ResponderExcluir
  3. Que a poesia seja assim sempre:Cheia de sensibilidade!E que seja um ponto de encontro aos amigos que se admiram e se curtem de verdade!

    Curto muito essa partilha e a amizade dos dois!
    Parabens pelo lindo poema!

    Beijos anjos!

    ResponderExcluir
  4. Astroterapia Junguiana,

    Foi exatamente o que nós tentamos transmitir.

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  5. Lu Maravilha,

    Quando as palavras de encontram e se encaixam, se fundem e se confundem conseguimos fazer uma pequena tradução do verbo sentir.

    Obrigado pelas suas palavras sempre tão amigas! Nós também curtimos você!

    Beijo meu!
    Alcides

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...