quinta-feira, 15 de julho de 2010

Na certeza de que serei seu

Eu não vou perder a minha paz
Esperando você chegar.
Vou te buscar!
Eu sei o caminho das pedras,
Mas também conheço a estrada de seda
E é por ela que caminharemos
Quando enfim estivermos juntos.
Um amor pelo olhar anunciado
Não deve crescer só de um lado
Ele tem que ser dividido
Para que seja multiplicado.
E é por isso que noite adentro
Eu escrevo os meus sentimentos
Na certeza de que em breve
Você leia o meu silêncio
E o quebre com a força de um beijo
Leve, preciso e com paixão
E que responda e corresponda
Aos anseios do meu coração.

10 comentários:

  1. Querido Alcides,
    Estou chegando,
    Como uma borboleta noturno
    Percorro a mesma estrada da noite
    Indo ao encontro do reencontro
    Levando a luz da lua completamente nua
    Exposta em raios
    Dispersa no céu

    Tão distante,tão perto,menino poeta
    Separado pelo tempo
    Unido em tão lindo pensamento
    Em magia de palavras buscando sentimentos
    Ao te ler,quebro este silêncio
    Te deixando um beijo de ternura que fascina
    Em uma doçura que irradia alegria
    Sinto a tua amizade,banhada em letras de poesia
    São as letras que me limpa as lágrimas da saudade
    Nascidas nas raízes da cumplicidade e afeto pleno
    Desta nossa verdadeira amizade

    Enfim de olhos aberto,te leio,te bebo e me vejo refletida
    Em cada letra,cada palavra tua
    Então assim te beijo, tal qual noturna borboleta
    Aos anseios do meu coração.

    Alcides,amei a musica que acompanha teu lindo poema,teus últimos poemas tem estado o máximo.tuas ferias estão a ser bem aproveitadas.....muito descanso,muito amor, assim nasce palavras de magia.

    Mil beijos em teu lindo coração

    ResponderExcluir
  2. Gostei especialmente desta parte.

    "Um amor pelo olhar anunciado
    Não deve crescer só de um lado
    Ele tem que ser dividido
    Para que seja multiplicado."

    Beijos
    Angel

    ResponderExcluir
  3. Al,há de se ter duas mãos: VAI E VEM...
    Não se faz , nem constóe nada sozinho...principalmente quando se fala de AMOR...

    beijos com meu carinho,

    Bia

    ResponderExcluir
  4. Rachel,

    Obrigado por me trazeres a luz da lua. Há dias que não a vejo. Aqui está frio e chuvoso, mas essas suas palavras aquecem.

    Ver uma borboleta voar no inverno é o máximo!
    Obrigado pela visita com palavras tão aconchegantes.

    A música é mesmo linda.

    Um beijo!
    Alcides

    ResponderExcluir
  5. Angel,

    Eu junto esta parte ao verso de coragem e certeza de que as coisas irão dar certo:

    "Vou te buscar!"

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  6. É verdade Bia,

    Não se faz, nem se constrói nada sozinho... quando se fala de amor então...

    Beijos!
    Alcides

    ResponderExcluir
  7. linda poesia
    virei outras vezes mais...

    ResponderExcluir
  8. Essa certeza na espera faz parte dos coraçoes apaixonados!

    Entre outros trechos,essa poesia esta repleta de liçoes!
    Amei!Muito linda!

    Mil Beijos

    ResponderExcluir
  9. Aluisio,

    Obrigado pela visita. Volte quando quiser!

    Um abraço!
    Alcides

    ResponderExcluir
  10. Obrigado Lu,

    Eu também aprendi muita coisa enquanto escrevia.

    Um beijo!
    Allcides

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...