quinta-feira, 2 de maio de 2013

Eu não sei desatar este nó










Eu não conto mais o tempo
Por saber que já faz tempo
Que entre nós não há mais nada.
Eu não conto mais meus passos,
Porque andando na mesma estrada
Nos perdemos numa encruzilhada.
Não sei medir a distância do abismo,
Pois mergulhei com fanatismo
Nesse seu amor insondável.
Paixão ferina e incontrolável
Que deixou saudade doída
E jamais se estancou a ferida.
Eu não sei a direção do vento,
Nem a força da correnteza.
Não sei canção de acalanto
Para ninar esta tristeza.
Não sei das noites de lua,
Nem do sol que se levanta.
Eu não sei desatar este nó
Que hoje trago em minha garganta
Querendo gritar que ainda te amo!

                                                                                    (Alcides Vieira)

10 comentários:

  1. oi meu amigo,

    o amor deve ser um laço que facilmente se desfaz,
    e não um nó que oferece resistências...

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com você Rô, mas às vezes é a gente que não sabe desatar.

      Beijo!

      Excluir
  2. Talvez o nó do amor se desate sozinho. Talvez num encontro sem encruzilhadas. Certamente no momento em que nao mais haja talvez.

    Lindo poema e linda musica!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Talvez num tempo da delicadeza".

      Eu não me lembro de ter ouvido essa música no rádio. Ouvia em um disquinho na vitrola, lá pelos anos 70/80. Me lembrei e encontrei o vídeo. Linda mesmo.

      Beijo!
      Alcides

      Excluir
  3. Respostas
    1. Dói sim Tatha, mas a gente é forte.

      Beijos!
      Alcides

      Excluir
  4. Aconteça o que acontecer na minha vida,
    nunca vou perder minha paz interior.
    Quero Viver intensamente as pequenas vitórias.
    Viver apaixonada pela vida!
    Visualizar só coisas boas.
    Quero fazer de tudo para sorrir mais, relaxar,
    buscar um cantinho dentro do seu coração
    para tentar ser feliz!
    Quero dar amor, carinho, compreensão,
    respeito, muitas vezes
    ajuda muito mais para me sentir feliz
    sabendo , que consigo amar
    mais os outros que a mim mesmo.
    Porque sua amizade é um bem preciso demais para mim.
    Deus te abençoe e sempre te ilumine.
    Uma semana vivendo na paz.
    Beijos no coração carinhos na sua alma.
    Carinhosamente..Evanir..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evanir,

      A paz esteja contigo hoje e sempre!

      Beijos!
      Alcides

      Excluir
  5. Devastador...querer gritar e não poder! Querer ser e não conseguir...
    Um beijito.

    ResponderExcluir
  6. Verdade Secreta,

    Existem nós que sufocam.

    Beijo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...