quarta-feira, 18 de junho de 2014

O silêncio no olhar














Foi embora...
Foi embora feito passarinho
Cansado de beijar a mesma flor,
Cansado de morar no mesmo ninho.
Foi embora...
Foi embora como um rio
Que seguindo o mesmo curso
Não quis mais desaguar no mesmo mar.
Foi embora...
Foi embora como o vento
Que, podendo fazer escolhas,
Não mais balançou as mesmas folhas.
Foi embora...
Foi embora sem beijo de despedida,
Sem mais explicações,
Sem segundas intenções.
Foi embora...
Foi embora e ficou o espanto,
O vazio, o frio,
O medo da solidão.
Foi embora...
Foi embora e queimou os navios
Deixando no peito um apito mudo.
Abandonou todos os portos
Restando no olhar um silêncio:
O silêncio dos mortos.

                                        (Alcides Vieira)

12 comentários:

  1. oi Alcides,

    muito triste ir embora e deixar tudo pra traz,
    a minha escolha é ficar sempre,
    mesmo que difícil,
    mesmo que de trabalho,
    mas ficar...
    e apesar de ir embora seu poema tem uma beleza infinita...

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rô!

      É triste tanto ir embora, quanto ficar para trás.
      Obrigado pela visita!

      Beijos!
      Alcides

      Excluir
  2. Na anáfora, a força da emoção que trespassa a alma.

    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lídia,

      A anáfora foi mesmo para reforçar o sentimento do personagem. Muito bem observado por você.

      Beijos!
      Alcides

      Excluir
  3. Por vezes ir sem se despedir, causa menos impacto.
    Mais uma belíssima obra nos dá o prazer de ler.

    Beijo, poeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Causa mesmo Lu Maravilha!

      Tira aquele peso do "Kiss and say goodbye"

      Beijo meu!
      Alcides

      Excluir
  4. Lindo poema! Deixa-nos um travo de tristeza no coração .....mas,mesmo triste é belo.Parabéns! Ler seus poemas é sempre bom.Agradeço sua visita ao meu blog! Beijo na alma,querido poeta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cezarina,

      Eu é que agradeço a sua visita por aqui. Sempre bom te ver e te ler.

      Beijos!
      Alcides

      Excluir
  5. Lindo o silêncio da alma, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas sua palavras, Lisette!

      Beijos!
      Alcides

      Excluir
  6. Meu querido amigo

    Há partidas que não são anunciadas e a dor é mais forte.
    Como sempre maravilhosa a tua inspiração.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Rosa,

      Sendo assim, só nos resta a aceitação, levantar a cabeça e seguir em frente.

      Beijos!
      Alcides

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...